de Wolfgang Amadeus Mozart, 1787

Ano

2002

Local

Teatro Amazonas, VI Festival Amazonas de Ópera (FAO)

Regência

Marcelo de Jesus

Direção

Iacov Hillel

Cenografia

Renato Theobaldo

Figurino

Tânia Marcondes

Iluminação

Caetano Vilela

 
 

Don Giovani é uma ópera com muita ação que se desenvolve em vários ambientes diferentes. Precisávamos criar um cenário que conseguisse se transformar rapidamente de uma cena para outra. O diretor desejava trazer a trama para os dias atuais, com roupas simples e comuns. O conceito para o cenário foi a criação de um repertório de biombos, escadas e patamares, que a cada cena eram rearranjados para dar espaço à narrativa.