de Giuseppe Verdi, 1836
Ano
2009
Local
Grande Theatro Palácio das Artes
Regencia
Silvio Viegas
Direção
André Heller Lopes
Cenografia
Renato Theobaldo
Figurino
Marcelo Marques
Iluminação
Fábio Retti
Remontagem
Theatro Municipal do Rio de Janeiro

 
 

Este cenário tem as referências dos altos-relevos assírios. Reproduzir esses desenhos é sempre delicado, pois eles podem se tornar um pastiche quando a tentativa é torná-los realista. As peças são feitas de tubo de papelão, com comprimentos e diâmetros diferentes. A maneira como a luz incidente nas peças cria o contorno do desenho assírio. O que é significativo é a luz e a transparência, que se tornam protagonistas nesses relevos.